quarta-feira, 20 de abril de 2011

Meia Noite no Jardim, A Liberação do Medo e Alcançando As Bençãos de Wezak...

Saudações, Queridos, eu sou Metatron, Senhor da Luz e os saúdo em Amor Incondicional!!!

Mestres, a vida de cada um de vocês é uma jornada magnífica de constante exploração.


Muitos de vocês estão familiarizados com a frase da metafísica: “Assuma o seu Poder, permaneça na sua Verdade.” De fato, isto é necessário, pois o Amor realmente exige um componente de grande força. Tanto o poder quanto o amor são ciências e artes às quais muitos de vocês dedicaram várias vidas de aprendizado. Vocês tiveram vidas devotadas à submissão, para aprenderem os aspectos do amor, colocando os outros antes de si mesmos e, nesse processo, os aspectos frequenciais de auto-estima e auto-valorização foram mal compreendidos e reduzidos.


Vocês tiveram várias vidas dedicadas ao desenvolvimento do amor e ao desenvolvimento do poder, e estas geralmente se tornaram muito polarizadas. Ao unir esses dois aspectos, as nuances do poder devem ser refinadas e, na verdade, modificadas. Vejam, dentro deles, é possível se defrontar com a recuperação do que pode ser chamado de “fragmentação da alma” e levá-la à harmonia Mer-Kâ-Nica, através de grande esforço.


E então, Meus Queridos, quando os dois segmentos de Poder e Amor são integrados, ocorre outro processo de aprimoramento de ambos, e este é complexo. Esse aprimoramento, então, é o “Jardim de Poder e Amor”, e requer a destilação extrema do conhecimento em sabedoria.


Cada nível de progresso cria um novo paradigma e cada novo paradigma traz consigo enigmas mais complexos a serem resolvidos. Com certeza, os desafios enfrentados por alguém que esteja à beira da Maestria são muito diferentes e extremamente mais complexos que os daqueles que estão nos estágios iniciais da vida na dualidade.


POLARIDADE AMOR-PODER


E então é inevitável que, ao chegarem aos estágios acelerados, vocês sejam forçados a fazer escolhas que não são tão imediatamente aparentes. Geralmente são escolhas, não mais tão óbvias entre o que poderíamos chamar de “amor e ódio” ou “bem e mal”, em suas formas mais sutis. As escolhas oscilam entre AMOR e PODER. Cada progresso alcançado leva-os a planos mais elevados, dimensões mais elevadas e, realmente, o paradigma de polaridade difere em cada novo estágio.


Provavelmente Amor e Poder são as lições de vida mais difíceis e complexas. O verdadeiro Poder existe na graciosidade do AMOR. Mas o aparente paradoxo é que o Amor também necessita do poder da vontade para completá-lo na dualidade.


MEIA-NOITE NO JARDIM DE AMOR E PODER


Então, Mestres, nós lhes dizemos que no caminho mais adiantado, cada um de vocês vai se defrontar com um ponto crítico, uma escolha determinante embora sutil, sobre a direção a seguir, e essa escolha poderá levá-los em frente ou de volta à mesma encruzilhada decisiva. Não é uma escolha simples entre bem e mal, mas uma escolha entre o Poder ilusório e o verdadeiro caminho do Amor. E é muito, muito frequente que o caminho da ilusão seja tomado sem que se perceba. Isto porque, uma vez que um nível de crescimento é concluído, o que era apropriado para esse nível não é necessariamente o melhor para o próximo.


Houve certas encarnações intermediárias, nas quais a necessidade de se desenvolver o poder da vontade era realmente a escolha correta. Era uma seleção do tipo “verdadeiro ou falso”, mas agora os testes se tornam muito mais complexos. É uma questão de múltipla escolha com um tema… e todas as opções contêm um pouco da resposta. Entretanto apenas uma contém a Verdade completa.


O alvorecer de 2012 é a aceleração, a décima primeira hora antes da meia-noite da manhã da iluminação. É Meia-Noite no Jardim de Poder e Amor.


No cadinho da Ascensão, as bifurcações da estrada nem sempre são duplas. Um único caminho pode se abrir a múltiplas interseções, sendo que nenhuma delas é claramente marcada.


Muitas pessoas que estão em caminhos adiantados têm várias encarnações (nos hologramas de tempo multidimensional) que seguem um propósito sucinto, relacionado com o estudo concentrado do Amor e do Medo; de um ou de outro. Essas encarnações podem se transformar em sequências de experiências drasticamente diferentes e separadas, e muitos de vocês estão agora com a tarefa de juntar os dois extremos, nos estágios finais do aprendizado de crescimento.


Em outras palavras, existem propósitos de vida especificamente voltados para o aprendizado da criação de poder com responsabilidade, que se dividem em duas séries separadas: uma delas dedicada a aprender os aspectos do AMOR, e outra dedicada a aprender os do PODER. Geralmente estas duas seguem “caminhos de alma” extremamente diferentes, de modo que as expressões e experimentações terrenas das duas contrastam tão poderosamente, que acaba ocorrendo o que se poderia chamar de fragmentação da alma.


Como exemplo, muitos de vocês tiveram uma série de encarnações em que vestiram o hábito; vidas de submissão como monges, freiras, padres, etc., onde o foco era aprender a humildade em benefício do serviço aos outros, com uma natureza aberta e amorosa. E vocês mesmos tiveram outra série de encarnações, que geralmente se expressaram de forma muito diferente, nas quais tinham um papel chave de liderança. Nestas vidas vocês podem ter sido legisladores, líderes governamentais ou comerciais, membros de dinastias dominantes e pessoas com imensa fortuna.


Um aspecto interessante dos filtros da dualidade é que as expressões da personalidade nestes dois campos geralmente são tão absolutamente diferentes e contrastantes, que existe uma separação de polaridade de consciência entre ambas. De certa forma, isto acontece do mesmo modo – apesar da diferença de propósito – nas encarnações como homem e mulher. Os seres humanos têm a tendência a considerar que a maioria de suas vidas é ou como homem ou como mulher. A maioria dos homens não reconhece ou se refere a muitas encarnações em que viveu na forma feminina, e vice-versa. Isto é uma separação tridimensional.


Esta diferença ocorre com muito mais intensidade na série de vidas cujo aprendizado é a responsabilidade do Poder e as nuances do Amor. Ambas são tão abrangentes que são escolhidos ambientes e padrões astrológicos totalmente diferentes para estas duas lições opostas, e um “abismo de alma” separa as duas, exigindo que elas sejam reunificadas.


VIDAS DE SUBMISSÃO E VIDAS PARA APRENDER O PODER


Então, como dissemos, como todos vocês precisam aprender a amar e também a criar com responsabilidade, vocês planejam e têm séries de encarnações totalmente separadas em “estruturas” de Poder e “estruturas” de Amor, nas quais o foco e a experiência podem ser tão amplamente diferentes, que elas se tornam extremamente polarizadas.


Em cada uma delas, a personalidade se desenvolve de modo tão diferente que, em alguns casos, pode aparentemente ocorrer o que chamaríamos de fragmentação da alma ou polarização da alma, nos hologramas multidimensionais das suas “encarnações”. Alguns de vocês ficariam chocados com os extremos. Muitos de vocês, nos seus contextos espirituais, sentiriam repulsa pelas expressões de personalidade que experienciaram durante o aprendizado do poder, e vice-versa. Por isso há a “ruptura da alma”… Entretanto todas precisam ser harmonizadas, “restauradas” e reconciliadas numa harmonia de alma. O que há de bom em cada uma deve ser escolhido, e o que não serve, liberado.


A restauração e harmonia podem e devem ocorrer. Um procedimento que leva a isto é ensinado na fase da Mer-Ka-Va, no segundo nível do Corpo de Luz Cristalina da Mer-Ka-Na, bem como no terceiro. Porque, conforme atingem estágios mais complexos de encarnações, vocês mesclam as duas correntes de vida; e isto está entre os quebra-cabeças mais complexos, e é uma das últimas peças requeridas para a verdadeira Maestria.


Assim, quando restauram a alma – e muitos de vocês estão fazendo isto AGORA – vocês mesclam as duas correntes de aprendizados numa experiência presente. Isto representa um grande desafio, pois em alguns momentos, vocês chegarão em “bifurcações” algorítmicas na senda de iluminação, onde deverão escolher entre duas direções. Aparecerá uma bifurcação no caminho, na qual as duas direções lhes parecerão corretas. Essa bifurcação é entre Poder e Amor, e ambas são necessárias, Meus Queridos. Portanto, a decisão será sobre qual delas prevalece, e esta lição está entre as mais difíceis que vocês encontrarão.


Amar não significa permitir que alguém pise nos seus pés, e Poder não significa pisar nos pés dos outros que estão “no caminho” quando vocês têm certeza de que estão certo.


OS DOIS GUMES DA LIDERANÇA


Para aqueles que atingem autoridade influente na liderança espiritual, o processo de decisão torna-se muito mais crítico, pois a responsabilidade de agir de acordo com a verdade é requerida para se manter o que foi aprendido. A influência, Queridos, é a espada de dois gumes da liderança espiritual e deve ser temperada e sempre exercida com sabedoria.


Todos vocês são centelhas do Criador. Todos vocês são uma família composta de Mente Divina. Então, enquanto progridem, entendam que o amor é uma chave frequencial que nunca pode ser esquecida. Entretanto, haverá momentos em que todos os seres humanos a esquecerão. E estou falando isto para todos vocês.


Agir de acordo com o que se prega é fundamental na liderança espiritual. Entretanto, conforme vocês vão avançando na senda, as armadilhas vão se tornando mais difíceis de serem vistas, e poderá haver momentos em que vocês terão menos paciência com aqueles de mentalidade diferente ou que são menos adiantados. E isto, por si só, é uma oportunidade de prova e crescimento.


Nós lhes rogamos que não se coloquem num trono, e não abandonem aqueles que aparentemente vivem nos recessos sombrios do coração e da mente. Não condenem aqueles que tentam despertar a dúvida em vocês ou que apontam os dedos para os erros dos outros, mesmo quando os acusadores se recusam a enxergar suas próprias faltas.


Embora reconheçamos que isto seja mais fácil de ser dito do que de ser feito, não fujam do conflito tão rapidamente e sentindo-se tão superiores, que a pressa e reação instintiva os ceguem para uma verdade maior. Tomem um tempo para uma auto-análise e façam isto de um ponto de vista não passional. Um dos seus “Quatro Acordos” não lhes diz para “nunca considerarem nada como pessoal”? Realmente há sabedoria nisso.


Vamos compartilhar com vocês outro conceito importante e lhes pedimos que tomem alguns instantes para refletir profundamente sobre isto: a sabedoria não ocorre automaticamente através da mera coletânea de conhecimentos, independentemente de quão vastos eles possam ser. Ela vem através da destilação intensa da experiência e da auto-análise feita com pensamento puro e imparcial.


A verdadeira sabedoria só pode ocorrer em estados de análise não emocional da sua experiência através da perspectiva da sua própria “terceira pessoa interna”! E, para fazer isto, é preciso descartar as crenças inconscientes indesejáveis, associadas à experiência na mente tridimensional. Entendem? É uma mudança conceitual.


Na verdade, todos vocês, em certos pontos, se encontrarão com esta mudança conceitual como uma experiência subjetiva de mente clara, quando acessarem a quinta dimensão. Ela entrará como um pensamento puro e imparcial e dará a sensação de uma onda refrescante e revigorante. Esta é a matriz vibracional da quinta dimensão que cada um de vocês terá que reconhecer e depois nutrir. Pois ela é o mecanismo que os retirará da gaiola dourada do engrandecimento oculto do ego. E quando mesclarem as vidas de Poder e de Amor, todos vocês terão que remover alguns obstáculos, que vocês não entenderam que eram obstáculos porque, no aprendizado da terceira dimensão, eles podem ter lhes servido para chegarem a um certo ponto de crescimento.


Isto ocorrerá inevitavelmente enquanto levam suas correntes de vida de Poder e de Amor de volta à unidade. Ocorrerá como um momento de claridade. Entrará como uma onda cristalina, um tsunami azul num campo de supercondutividade aparente explorado e vivenciado dentro da Mer-Ka-Na.


A JORNADA ETERNA DA INTEGRIDADE


Mas esta conquista exige foco e esforço na unificação. Como já lhes dissemos inúmeras vezes, o crescimento espiritual e a liderança espiritual são uma jornada e não um fim. Eles requerem constante auto-análise e re-calibragem para se manterem.


Inúmeras pessoas, através dos éons, fracassaram quando o poder da liderança levou ao desequilíbrio do ego. Pois realmente o corcel do PODER pode cegar o cavaleiro, jogá-lo fora da sela e velozmente induzi-lo a caminhos rochosos e terrenos impróprios.


Todos vocês serão tentados pela sedução do poder, todos vocês… especialmente quando a notoriedade e a celebridade entrarem em cena. Quando o auto-engrandecimento do ego entra, ele geralmente o faz por uma janela dos fundos, que foi esquecida aberta; e entra sorrateiramente, sem ser notado, irreconhecível, porque não era essa a intenção do indivíduo.


Ele se revela quando “estar certo” assume uma importância maior do que amar. E Mestres, geralmente a trama do ego no campo energético é tão sutil, que a queda não é percebida pelo indivíduo. Quantas das suas guerras não ocorreram, na espiral descendente da destruição, entre “facções religiosas” que desejavam impor uma à outra o seu próprio dogma “sagrado” e a sua própria Verdade, como sendo mais verdadeira do que a Verdade da outra.


Mestres, a humildade é a chave. Nunca se levem tão a sério a ponto de perderem de vista a sua própria humanidade dentro da dualidade.


A VERSÃO ESPIRITUAL DO “PRINCÍPIO DE PETER(1)”


Nós lhes dizemos que o ego desequilibrado é inevitavelmente o culpado pela criação da versão espiritual do que vocês conhecem como o “Princípio de Peter”.


Nos negócios e num aspecto administrativo, o “Princípio de Peter” afirma que um indivíduo pode se elevar até seu próprio nível de incompetência. Aquilo que o promove em um nível, o leva a ser despedido no nível seguinte! Num pequeno jogo de sintaxe, nós lhes dizemos que, no Crescimento Espiritual, muitas vezes o ser humano se eleva até seu nível de inexperiência, e essa inexperiência frequentemente leva-o a uma queda temporária da graça.


Quando o ego leva à arrogância, ocorre um curto-circuito elétrico no nível básico do campo áurico. Então o requerido circuito 13-20-33 é desconectado, o “sinal” de comunicação clara com o Eu Superior se perde e é substituído por ondas variadas de estática e interferência.


O poder é uma grande sedução e tentação. Inúmeros líderes metafísicos e espirituais acabam se tornando dependentes da adulação. E quando isto acontece, há uma mudança sutil na qual eles perdem o circuito 13-20-33 e não apenas ficam “emperrados”, como de fato transformam-se em “tomadores de energia”, numa espiral descendente


Uma sombra desce entre as bordas do caminho intermediário que mostra como manter um equilíbrio perfeito entre amor e poder com ego e humildade. O amor deve ser sempre a chave, e a sabedoria final é aprender que se render ao Amor traz um tremendo Poder, e este é o Poder em sua forma mais elevada. Mas ouvir as palavras da Verdade não o mesmo que aprender e vivenciar a VERDADE.


Assim, enquanto progridem, é realmente uma dádiva que tentativas e erros lhes permitam enxergar os seus enganos. Cada um de vocês cometerá enganos, mas nestes erros de crescimento, é fundamental ser sempre gentil consigo mesmo e também compreensivo com os outros que estão em seus próprios caminhos. Nós lhes dizemos com certeza que, numa fase posterior de retrospectiva, quando fizerem uma revisão de suas vidas, ficarão maravilhados com a jornada que empreenderam. Ficarão surpresos com as aparentes dificuldades e sofrimentos pessoais, e retrospectivamente desejarão ter estado mais conscientes da beleza de tudo o que se passava ao redor de vocês e ter podido se encantar com as justaposições perfeitas dos testes intricados que pareciam mais difíceis. Então, enquanto avançam, tomem um tempo no AGORA para simplesmente se deleitarem na sua EXISTÊNCIA.


DISCERNIMENTO É FUNDAMENTAL PARA A MAESTRIA


Existem muitos metafísicos que carregam uma grande quantidade de conhecimento espiritual e desenvolvem uma ânsia de compartilhar esse conhecimento. Embora este seja um atributo positivo, é necessário evitar as armadilhas das “Demonstrações de Superioridade Espiritual” e do “Status de Guru”. É correto compartilhar o mistério, no entanto cada um deve usar o discernimento individual para encontrar sua própria voz interior. O tempo dos gurus já passou. Agora cada um de vocês deve ser seu próprio guia. O discernimento é fundamental. Se não ressoar, rejeite.


O objetivo é desenvolver a Divindade interior. O objetivo não é “canalizar Mestres Ascensionados ou Seres Angélicos”, mas canalizar a sua própria Divindade interior. Para ser claro, realmente existem almas que canalizam Mestres Ascensionados e Anjos, mas isto não pode ser alcançado sem primeiro canalizar a Divindade do EU. E acessar o seu Mestre Interior é tudo o que sempre foi necessário ou exigido. “Vós sois DEUSes!”


E assim terminamos esta conversa com uma reflexão sobre a VERDADE: o discernimento individual sempre é a chave, pois a verdade de um homem pode ser tolice para outro. E o grande teste da espiritualidade é a maneira com que vocês harmonizam as múltiplas VERDADES.


ENCERRANDO


Determinadas encarnações estão mais estrategicamente alinhadas para saltos quânticos. Assim, para muitos de vocês, a experiência atual está mais balanceada para conquistas importantes. As inúmeras ressonâncias frequenciais e belas energias de Ascensão fazem com que isto seja assim.


Suas jornadas na Terra são oportunidades maravilhosas para descobrirem e explorarem o que existe dentro e fora de vocês. Vocês se encontram em uma belíssima odisséia algorítmica. A terceira dimensão serve para ajudá-los a se moverem mais para o alto e, assim, trabalha de mãos dadas com o enigma algorítmico, facilitando e estimulando a manifestação externa do espírito interno através da mente objetiva.


Nas suas jornadas iniciais e nas suas primeiras campanhas no Plano Terreno, as oitavas disponíveis na terceira dimensão são o foco. Mas, conforme progridem, a terceira dimensão deve dar lugar às oitavas cristalinas superiores da quinta dimensão, para que haja um verdadeiro avanço em direção à “iluminação harmônica” Mer-Kâ-Nica que deve ocorrer na Ascensão.


À medida que cada um de vocês progride em espírito e sabedoria, o caminho se acelera, levando-o a experiências mais desafiadoras e complexas, e a polaridade muda de tipo. As bifurcações da estrada tornam-se menos polarizadas em relação à conduta óbvia. A clareza entre o preto e o branco torna-se um pouco mais acinzentada, e é necessária uma reflexão mais profunda para diferenciar a verdadeira senda da Maestria.


O maior Poder é o Poder do Amor. Amem a si próprios e amem uns aos outros, pois a unidade do AMOR é uma grande realização para o ser humano, no micro e no macro. Mestres, saibam que estamos sempre com vocês e sempre os honramos nesta incrível jornada.


Eu sou Metatron, Senhor da Luz, e compartilho estas VERDADES com vocês.


E assim é.


Uma mensagem de Metatron canalizada por Tyberonn em
6 de abril de 2011

(Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Princ%C3%ADpio_de_Peter)

(1) NT:- O Princípio de Peter, em Administração, pode ser resumido no enunciado: "Num sistema hierárquico, todo o funcionário tende a ser promovido até ao seu nível de incompetência."



A LIBERAÇÃO DO MEDO

Querido,

Tendo chegado a um momento de decisão, você sente que é importante fazer o melhor. Você sabe que o que decidir, continuará, e você está preocupado e até temeroso dos “e se”. A única maneira pela qual você pode verdadeiramente tomar decisões que melhor lhe sirvam agora e em seu futuro é chegar a um espaço de paz e de calma interior. E isto significa estar em harmonia com o seu Eu Superior.


É a partir deste espaço que você tomará decisões que sejam para o bem maior de todos os interessados. Quando você traz o medo ao seu processo de tomada de decisões, isto o limita, impedindo que a plena expansão da Mente Divina opere em sua mente consciente. É esta fusão com Deus que o capacita a se sentir livre, íntegro e aberto, o suficiente, para receber aquilo que é certo e verdadeiro para a sua vida neste momento.


Não importa quão difícil isto pareça, é muito importante que você aprenda a liberar o medo que restringe o seu pensamento e as suas ações. Aonde a sua atenção vai, a energia flui. Quando você se concentra nos medos, problemas e nos “e se” de sua vida futura, esta energia focalizada amplia o seu estado de medo. Ele se torna cada vez mais poderoso e pode até assumir o seu mundo – se você permitir que ele faça isto. Em vez disto, coloque a sua energia na criação deste maravilhoso estado de ser que melhor lhe sirva.


O primeiro passo para fazer isto é respirar profundamente e saber em seu coração que você está sendo divinamente guiado neste momento e em cada momento de sua vida. A Prece é também útil para ajustar a sua atitude e se abrir à verdade. Você pode dizer: “Eu entrego este temor à Deus, e permito que a Mente Una trabalhe em todas as minhas decisões.” Ainda que você tenha o sentimento do medo na boca do seu estômago, o simples ato de orar pela libertação, o encaminhará na tomada de decisão adequada, e o acessará ao seu bem mais elevado. No entanto, muitas vezes leva um pouco de tempo para que o corpo físico alcance os processos mentais, assim é importante se dar o tempo suficiente para chegar a um ponto de relaxamento e de expansão antes que realmente tome as suas decisões.


Prática


Tome várias respirações equilibradas e relaxantes. Enquanto você está neste momento de paz, permita que o seu ar exalado caia pesadamente, como uma pedra, da base da sua coluna até as profundezas da Terra. Isto levará a energia frenética de sua mente e lhe dará maior clareza.


Enquanto você inala, veja-se expandindo com a pura luz de Deus. Veja-a purificando a sua mente e acalmando o seu coração, enquanto você se conecta com a sua natureza divina. Agora substitua os pensamentos temerosos que tanto impregnam a sua consciência mundana, por imagens do que você realmente quer em sua vida pessoal e profissional – imagens de saúde radiante, harmonia nos relacionamentos e fluxo de caixa abundante, paz em seu próprio coração. Permita que estas imagens do seu bem maior permeiem o seu ser. Então agradeça por recebê-las em sua vida.


Porque você foi treinado a ter medo e a se preocupar, ainda que não seja produtivo, é preciso prática para liberar o medo e se fundir com a sua verdadeira natureza divina. Os Anjos estão aqui para ajudá-lo a fazer isto, envolvendo-o nas asas de pura luz e guiando o seu caminho para a convivência pacífica.


Então, peça e receberá. Permita-se estar aberto ao Bem Divino, e seja receptivo a toda a beleza e verdade dentro e ao seu redor, de modo que este bem possa começar a se manifestar e a operar em seu mundo. Se a generosidade do universo é o que você quer em sua vida, tudo o que você tem a fazer é deixar ir o medo que o limita, e permitir que a graça de Deus trabalhe para você.


Afinal, a liberação do medo é um pequeno preço a pagar pelo êxtase da plena fusão com o Divino.


Mensagem do Arcanjo Gabriel Canalizada por: Shanta Gabriel
6 de Abril de 2011

-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-



ALCANÇANDO AS BÊNÇÃOS DE WESAK – UMA DILUIÇÃO DOS VÉUS

Nota de Selácia: “Esta é uma mensagem especial, pré Wesak, do Conselho dos 12, proporcionada enquanto a nossa época anual de Wesak se inicia. Durante as próximas semanas que antecedem a 14 de Maio – a dada em que celebramos Wesak com uma meditação global – vocês podem começar a se ligar às bênçãos auspiciosas de Wesak que falamos aqui. O Wesak é celebrado em dias diferentes, dependendo de sua cultura. No Japão, por exemplo, o aniversário de Buda é normalmente em 8 de Abril. Neste ano, nós teremos um pós Wesak também, oferecido em 9 de Julho, na fase final da temporada – ajudando a ancorar as energias que recebemos desde então. Enquanto vocês lêem estas palavras agora, o Conselho dos 12 lhes proporcionará insights e uma poderosa energia que poderá ajudá-los a tirar proveito da nossa época de Wesak. Lembrem-se de que Wesak é uma celebração dos seres iluminados que vieram antes de nós – tais como Buda, Cristo e Kwan Yin. É também uma celebração de nosso próprio potencial de iluminação – cada um de nós tem este próprio potencial. Estamos aqui para compreendermos isto em um nível individual e ajudarmos o nosso planeta na mudança para a luz e o amor.”
....~==00==~....

Os antepassados de diversas culturas ao longo dos tempos conheciam os momentos de grande mudança que enfrentamos agora. Eles também conheciam a mudança dimensional e o afinamento dos véus entre as realidades. Os mestres iluminados como Buda e Kwan Yin realizaram a sabedoria em um novo tipo de jornada – a jornada do amor e do coração.

Durante a época de Wesak, a cada ano, é mais fácil acessar as energias e as bênçãos destes grandes seres. A época é agora.

Durante várias semanas, na janela de Wesak, vocês têm maior acesso às energias espirituais e a sabedoria que emanam das dimensões mais elevadas. Conduzindo à Wesak e algumas semanas depois, há um portal energético disponível a vocês. Se escolherem se concentrar nisto e solicitarem as bênçãos desta temporada, vocês terão acesso ao estímulo espiritual benéfico para a sua jornada. Esta energia é um remédio potente para os desafios que vocês enfrentam, o medo que experienciam, e o ódio que testemunham no mundo.

BUDA E O WESAK

Buda – cujo aniversário e iluminação são celebrados no Wesak – não veio para criar uma religião ou ser colocado em um pedestal. Ele e outros seres iluminados como Kwan Yin lhes deram um caminho a seguir para a sua própria libertação. Enquanto as suas formas não físicas interagem hoje com a humanidade, eles proporcionam um veículo para a transformação radical da consciência.

Não dêem o seu poder a ninguém ou a alguma coisa. Lembrem-se de seu próprio poder como um criador de mudanças divino – da sua própria habilidade em receber a bondade do universo e de criar um mundo cheio de luz. Vocês então se tornam um criador da bondade que desejam ver expressa. E então atraem mais bondade. E a sua luz resplandece ainda mais intensamente.

POR QUE VOCÊS ESTÃO AQUI

Seu desafio neste ciclo é permanecer consciente do por que estão aqui. Haverá muitas distrações, muitas notícias perturbadoras a processar, e muitos pensamentos críticos de insegurança. Haverá uma tendência a ficar preso nas minúcias dos acontecimentos do mundo externo. Sabendo que estas coisas são prováveis, vocês acharão mais fácil recuar e solicitar a perspectiva da grande cena. Quando fizerem isto de forma consistente, sua sabedoria interior irá lembrá-los do seu propósito mais elevado e por que esta vida é tão preciosa.

Muito provavelmente vocês já têm alguma percepção sobre o seu caminho e aspirações. Durante esta janela de Wesak, entretanto, vocês podem acessar um conhecimento mais profundo do seu ser verdadeiro e como pretendem expressá-lo no mundo. Solicitem este conhecimento mais profundo e uma sabedoria mais expansiva do que até agora compreendidos.

Preparem-se para abandonar as idéias de longa data sobre qual seja o seu propósito. Provavelmente, algumas delas se relacionavam a um eu passado e que vocês já ultrapassaram. Algumas delas podem vir de idéias que outros lhes deram sobre o seu futuro. Agora é o momento de reavaliar todas as coisas e encontrar significados mais profundos.

ESTRUTURA DE TEMPO DECISIVA

Todas as estruturas de tempo em que poderão focar estas coisas, nestes próximos anos, serão críticas. Vocês podem sentir que não estão preparados para o tipo de caminho que Buda e outros seres iluminados modelaram. Vocês podem sentir que não têm treinamento ou tempo suficiente. Estes sentimentos, se os tiverem, estão vindo do seu medo e dúvida. Eles vêem de uma falsa sensação de inadequação e de condicionamento que lhes diz que vocês não são adequados.

Este é o momento de anular tais noções falsas sobre quem vocês são. É o momento de aceitar a sua natureza divina e o seu verdadeiro caminho. Confiem que quando fizerem isto, serão plenamente apoiados. Saibam que são amados desmedidamente.

Enquanto continuam a jornada da descoberta de sua natureza divina, nós os envolvemos com o nosso amor e bênçãos. Nós somos o Conselho dos 12.

Uma mensagem do Conselho dos 12, canalizada por Selácia
5 de Abril de 2011


Um comentário:

Arye disse...

Olá!!! Primeiramente eu gostaria de dizer q leio esse blog quase todos os dias... leio as novas postagens e visito postagens antigas feitas antes de eu virar uma seguidora... indico-o a amigos "evoluidos" q buscam como eu :)
Aprendo muito com os insights dos canalizadores :)
No entanto, há uma coisa q me incomoda e por isso decidi escrever: é o trato com as palavras "ascensão" "ascensionados" e "ascensos"... Nos textos elas aparecem escritas de forma correta, mas no subtitulo do blog ela está escrita de maneira equivocada... ascencionado, com "c"... e é com "s", pois vem de ascensão...
Peço mil desculpas pela minha chatice, mas como é o meu blog preferido de leitura reflexiva antes de dormir, resolvi sinalizar a questão... ok?!
Grande abraço... e q as hierarquias superiores e os anjos de luz continuem usufruindo desse canal de comunicação...
Namastê!