quarta-feira, 9 de julho de 2008

Portais da Libertação

Em primeiro lugar, quero agradecer ao Criador por tamanha oportunidade de ser, mais um, dentre tantos irmãos, que semeiam a luz da espiritualidade no coração da humanidade.

Como aqueles que caminham por esta senda iluminada, nos sentem vivenciando um novo momento, e, vislumbramos várias aberturas, para a Umbanda e para todos os que trilham os caminhos da espiritualidade. Entre as oportunidades que a seara do Bem nos oferece, nos chega este site, que tenho certeza se tornará um dos veículos de informação, esclarecimento e, sobretudo, de luz aos estudiosos....


Dizia eu, que a espiritualidade têm nos oferecido muitas aberturas para que possamos preencher o vazio da inconsciência coletiva, que domina e encarcera o ser humano. Dentre tantas, está uma, que se refere a um singelo trabalho que tenho passado, em meus cursos, aos meus irmãos de fé, companheiros da luz, e aproveito a oportunidade para explicá-la.

Os Portais de Libertação, como todos os trabalhos espirituais, atuam em aberturas dimensionais que, possibilitam as atuações nos diversos campos espirituais, em suas muitas dimensões, no meio humano, quer seja no físico ou no espiritual. A relação que temos com portais dimensionais é muito mais próxima do que imaginamos, pois, quando qualquer "ser" entra em contato com o Divino, seja através de orações, rituais, evocações, estamos interagindo diretamente com os portais dimensionais, que servem de passagens para outras realidades da existência.

Porém, não é apenas isso! São muitos os momento que interagimos com estes portais dimensionais. Como? Em qualquer ação mental. Quando nos fixamos em um propósito firme, um desejo especial, seja material ou espiritual, entramos em contato com as forças dimensionais em tempo real, e movimentamos suas forças, que por seu tempo, nos enviam as energias magnéticas poderosíssimas transformando as nossas intenções em realidade.

Este poder de movimentar "energias," acontece por meio de nossas forças mediúnicas, pois, a todo tempo, em nossa existência humana, mediamos forças espirituais, que são identificadas apenas como energias, mas sabemos que é muito mais que isso. Por meio de pensamentos determinado, podemos movimentar os seres espirituais que atuarão em conjunto com a "energia" direcionadora do medianeiro, então, acontece este poder de realizar o desejo almejado. É algo extremamente grandioso.

Quando o Mestre Jesus nos ensinou que devemos vigiar e orar, foi para que atentemos para a qualidade de nossos pensamentos, que, muitas vezes, são destrutivos para nossa vida, quer seja nesta existência que estamos vivendo na carne, ou na evolução do nosso espírito.

Já aprendemos que todos somos médiuns, com alto poder de realização, e independente da religião que seguimos e proferimos. E quando unidos em um Templo, com um único propósito em mente, forças Divinas são desencadeadas sobre todos os presentes e para todos aqueles que fixarmos o nosso pensamento, mesmo que estes estejam distantes, vivendo em espírito ou na carne.

Apenas como exemplo, façamos um exercício simples: neste instante, se mentalizarmos nosso lar, lá estará nossa energia mental; se colocarmos em ação nossa fé, por meio de uma prece e direcionarmos ao nosso lar, ao nosso trabalho lá estará à força Divina imantando cada cômodo e, principalmente, as pessoas presentes. Este poder mental acontece através de Portais, é uma força utilizada de forma natural pelos guias de Umbanda. Quando um Preto Velho, por exemplo, solicita ao assistido que mentalize seu lar, ou uma pessoa em especial que esteja sofrendo de algum mal, este guia, juntamente com outros espíritos iluminados, percorrem os portais dimensionais e chega a este irmão ou ao ambiente que o assistido mentalizou.

Isto não acontece, por este ou por aquele Guia espiritual, por esta ou por aquela religião, acontece naturalmente e percorre os mesmos campos dimensionais, os mesmos Portais.

Assim sendo, acredito, fica fácil para o entendimento dos mecanismos utilizados nos Portais de Libertação, as atuações são mediúnicas, e não só o poder mental atua quando direcionado, mas, todas as forças do iniciado nos mistérios dos Portais. Seus guias, seus mestres dos Portais, seus Guardiões, enfim, todas as forças permitidas, são utilizadas de forma segura e salutar. Quanto mais nos doamos atuando nos trabalhos dos Portais, mais nos iluminamos pelas forças do Amor ao próximo, sejam aos irmãos encarnados ou desencarnados. Pois, neste mistério, tudo é espelhado, o que pedimos para o próximo recebemos imediatamente em nossas vidas. Desta forma, os iniciados estão sempre se beneficiando, sobretudo, porque os "grandes mestres", que atuam neste trabalho, jamais permite que ele venha a ser utilizado de forma deturpada. A vigília é constante, o próprio iniciado sente, quando permite que o seu pensamento se afaste da causa do bem, imediatamente ele é envolvido por forças direcionadoras oferecendo-lhe a oportunidade de rever-se interiormente.

O eixo do trabalho, além da utilização do poder mediúnico, está no desdobramento consciente. Este desdobramento é realizado dentro dos Portais, onde o iniciado, devidamente preparado, mentaliza um ponto de força da natureza, seja o mar, uma mata, cachoeira, onde ele se identificar, através de intuição ou por determinação dos mestres que o assistem.

Este deslocamento é extremamente seguro, pois o iniciado recebeu a outorga e os mistérios dos portais, capacitando-o para esta amorosa tarefa, assim ele não corre o risco de sentir desconforto ou absorção de "cargas" negativas. Este deslocamento consciente é passado através de um curso, não só teórico, mas com vivências que quebram os entraves naturais de quem nunca realizou desdobramentos.

É um trabalho muito próximo da Apometria, porém, muito além, pois cada Portal aberto significa o próprio Universo. Imagine-se, neste momento, mentalizando o infinito. Muito além dos milhares de estrelas e planetas, das galáxias, que conhecemos, onde chegaremos? Assim é um Portal aberto, não se limita apenas a quem atua, pois é infinito.

As pedras, as ervas, os metais, ou ainda, qualquer elemento utilizados na montagem e preparação dos Portais são os sustentadores, pois, assim, nada foge do portal, é assim, que acontecem as atuações espelhadas. O domínio do trabalho fica a cargo do iniciado, sustentado por seus guias e mestres que o acompanharão o tempo todo.

Após o curso e todas as consagrações, o iniciado passa a ser denominado pelo astral, e reconhecido por todos os seres Dimensionais, como Cavaleiro da Ordem. É importante ressaltar que mesmo com esta denominação, o trabalho não acontece somente nos campos dimensionais de choque, ou guerra, a simples presença de um Cavaleiro é o suficiente para que o "ser" que está no infortúnio, atrapalhando a vida do assistido, recue e se coloque em seu lugar, ou, ainda, venha a ser levado pelos grupos de resgate para o seu lugar de merecimento. Digo isso, pois nos campos espirituais, tem algo que aqui no plano físico não acontece naturalmente, que é o respeito hierárquico. O iniciado nos Portais de Libertação é um trabalhador da luz, assim, dentro das Dimensões, o "ser" o visualizará como um hierarca, respeitando sua posição, pois, perceberá que o Cavaleiro, também o tratará com respeito, pois, a roupagem que reveste o Orientador do Portal é o amor, irradiando, sempre, vibrações equilibradas.

Além dos elementos utilizados dentro do trabalho, a espada é um dos instrumentos fundamentais, pois, os seres espadados de todas as Dimensões, bem como os guias espadados que estão ligados diretamente ao Cavaleiro, se utilizam de forma precisa, na realização das tarefas espirituais dentro das milhares de Dimensões, lembrando que, não existirá, em nenhum momento, choques, já que a utilização da espada acontece por um elemento poderoso que a transforma em uma ferramenta especial aos desígnios dos Portais.

São oito os Portais, sendo o oitavo ligado aos nossos Guardiões. A cada Portal aberto o iniciado recebe em seu espírito, de forma intensa, a reforma interior, para que estes possam atuar livremente com seus dons naturais, suas forças mediúnicas, o mistério dos Portais, que o liberta dos seus entraves naturais. As iniciações, entre tantos fatores, trazem a cada iniciado a cura para si, permitindo-lhe as condições de ser um médium curador. Quando atuamos na cura, curamos todos os nossos males, físicos, mentais, emocionais, energéticos, enfim, a cura acontece em todos os campos da espiritualidade e em todos os sentidos. Desta forma o iniciado, passa a ser um doador, por excelência, pois, só se pode dar a alguém o que possui em sua própria vida.

A simbologia dos Portais é a estrela de seis pontas, bem conhecida nos meios espirituais e que simboliza o equilíbrio, pois, dentro do trabalho em dimensões, visamos o equilíbrio em todos os sentidos da vida.

Espero que, todos os irmãos estudiosos dos campos espirituais, lembrem-se, não importa a religião e sim o religioso, não importa o ritual e sim o propósito elevado. Coloquemos - nos em vibrações sempre elevadas e assim estaremos sempre nos conectando com os poderes dimensionais ilimitados do Criador.

Meditemos sobre isso.

Ortiz Belo de Souza Regente Absoluto

Um comentário:

Lindomar disse...

Foi muito importante conhecer esta ilustre e maravilhosa página,que nos diz respeito a uma matéria, tão rica, para cada um de nos, seres humanos, vivente desta última hora, com intúito de aprender um pouco mais., agradeço a oportunidade, de fazer parte do rol, deste ensinamento. Abraços na luz e paz. Lindomar.