sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

Anjos ou Seres Galácticos

Em minhas continuas pesquisas tive oportunidade de ler o livro da Editora Mercúrio, APÓCRIFOS, OS PRÓSCRITOS DA BÍBLIA e existem relatos de diversos homens, profetas e sábios, que viveram na época de Cristo e antes dele e nos leva novamente à questão.

São realmente Anjos ou seres de outras esferas com suas naves que se apresentam às pessoas da época.

Uma incógnita afinal?!

Coloco exatamente um ponto de exclamação e outro de interrogação, pois não temos certeza dos fatos relatados. Não podemos provar. Mas vejo que é muito interessante que seres alados vão daqui pra lá, e vice versa, levando mensagens e homens, sempre falando do Criador, somente com asas de anjo?

Não, não seria possível pelas leis da física, ou seria?

O mais interessante de tudo é que pelo visto na época era muito comum se falar com Anjos, todos tinham o seu dia do Anjo.

Mas, será que dentro do conceito religioso que conhecemos eram realmente Anjos ou seres de outros lugares.

O objetivo deste relato não é duvidar das escrituras, do Criador e da história já passada e escrita, mas evidenciar que existia, como acredito existir, fortes evidências de vida inteligente em outros lugares.

No meu conceito seria realmente desperdício de tempo e de propósito que o Criador ao constituir o Universo só tenha colocado vida inteligente aqui neste pequenino Planeta chamada Terra, que esta numa rabeira de uma Galáxia ainda em formação.

Acredito ainda que na época os seres de outros lugares vinham freqüentemente em nosso Planeta para determinar algumas regras básicas de desenvolvimento, crescimento e colonização. Determinado momento, não que eles nos abandonaram a própria sorte, simplesmente deram as regras e deixaram o planeta para se desenvolver dentro daquilo que foi passado, dentro das leis do livre arbítrio.

Bom, certo ou errado, não sei. Não estou aqui para julgar, mas, temos na nossa história colonial recente o mesmo procedimento.
Portanto? ...

As citações que vou fazer são baseadas no livro acima citado e, num primeiro momento pode parecer sem sentido, mas analisem os fatos e verifiquem o verdadeiro conteúdo das frases.

Vicente Chagas
Projeto Vega.



CITAÇÕES,

LIVRO DOS SEGREDOS DE ENOCH

Dois são os livros atribuídos a Enoch: o Livro de Enoch e o Livro dos Segredos de Enoch


CAP. I
PAR. 1. Havia um sábio, um grande artífice e, o Senhor dedicou-lhe seu amor e o recebeu, a ponto de fazê-lo testemunhar as mais altas moradas dos maiores e mais sábios e imutáveis reinos do Todo-Poderoso, das mais maravilhosas, gloriosas e brilhantes estações de muitos olhos dos servidores do Senhor, e o inacessível trono do Senhor; e os graus e manifestações e hostes incorpóreas e o inefável mistério e a multitude dos elementos, e as várias aparições e o canto indizível das hostes dos Querubins, e a luz infinita.

COMENTÁRIOS,
Enoch era uma pessoa com muita sorte. Foi escolhida ao acaso para conhecer os Céus. Porque ele e não outro?
Acredito que a resposta esteja na primeira linha do citado “Havia um grande Sábio”, ou seja, uma pessoa inteligente, culta e que não estranharia as coisas que estava para ver.
Também no texto citado fica claro que ele teve acesso a várias vidas inteligentes, a estações espaciais, as portas de acesso a outros Universos e aos portais de transporte de um lado para outro no Universo.
O mais interessante, contudo neste texto é que ele vai conhecer os segredos da criação, os graus de manifestações diversas e como são as pessoas em estado incorpóreo.
Também tem acesso as outras formas de vida que conhecemos, como funciona, como se cria, como se manifesta. Isto esta contida na parte “... e a multitude dos elementos, e as várias aparições...”.

CAP. I
PAR. 2. Naquele tempo, disse ele, quando completei cento e sessenta e cinco anos, gerei meu filho Matusalém.
PAR. 3. Depois disso, vivi duzentos anos e, ao todo minha vida foi de trezentos e sessenta e cinco anos.

COMENTÁRIOS,
Mesmo com as melhores técnicas de alimentação, de higiene pessoal, saúde e longevidade, hoje não se conseguiria viver este tempo todo no Planeta Terra.
Aqui fica muito claro, apesar dele, Enoch, não citar, que ele saiu do Planeta e depois voltou, gerou filhos e depois saiu de novo e viveu mais duzentos anos.
Sabemos pela teoria da velocidade da luz, que podemos viajar no espaço/tempo e quando voltássemos teríamos menos idade em relação aos que aqui ficaram. A narração não é bem clara, mas faz nos lê var a crer que ocorreu isto com Enoch. Saiu e voltou várias vezes, por isso o tempo de 365 anos de vida em relação ao espaço Tempo/Terra.

CAP.I
PAR. 8. Acordei e vi claramente aqueles dois homens, de pé na minha frente.
PAR. 9. E saudei-os e fui tomado de medo, e meu semblante transformou-se pelo terror, e os homens disseram:
PAR. 10. Têm coragem, Enoch, não temas; o Deus eterno nos mandou a ti e, vê! Tu hoje deverás subir aos céus conosco, e deverás dizer a teus filhos e aos da tua família tudo o que deverão fazer na casa durante tua ausência na Terra, e não deixes procurar-te até que o Senhor te devolva a eles.
CAP.III
Aconteceu que, depois de Enoch ter falado com os seus filhos, os anjos o levaram em suas asas ao primeiro céu, e o puseram nas nuvens. E aí eu olhei, e olhei outra vez mais para o alto e vi o éter, e eles me puseram no primeiro céu e me mostraram um grande mar maior que o mar da Terra.

COMENTÁRIOS,
Aqui tem alguns fatos interessantes. Enoch afirma que viu claramente dois homens de pé. Vamos e venhamos não dá para confundir Anjos e Homens.
Depois estes homens disseram que veio buscá-lo para conhecer o céu e informa a ele Enoch, para pedir aos filhos e sua família não o esperarem ou procurarem, pois pelo visto seria demorada esta viagem. Também, Enoch, recebe instruções de deixar em ordem tudo em casa, ou seja, um sinal de viagem longa e quando ele voltasse, provavelmente, não existiria mais esta família.
Muito evidente isto.
Após os homens em suas asas (naves) leva ele para o primeiro céu.
Que seria este primeiro céu, provavelmente um Planeta e Enoch diz ter visto o éter (espaço negro, o vazio) e um grande mar maior que o da Terra.
Uai, como ele poderia saber que o mar que ele estava vendo era maior que o da Terra. Só podemos concluir que ao subir aos céus deu para se ver toda a Terra (globo) de cima e sua extensão, como hoje vemos de nossas naves espaciais.
Mais independente de qualquer coisa devemos admitir que uma subida aos céus com asas de anjo, estas asas não agüentariam, pois não haveria impulso suficiente para sair da gravidade terrestre. Isto só seria possível com uma máquina poderosa!!.

NOTA:- depois estes seres levaram Enoch para o segundo, terceiro, quarto, quinto até o décimo céu onde ele encontrou o Senhor.
Quem seria este Senhor, provavelmente o grande responsável por este Universo em que vivemos, com seus quadrantes, seus planetas, suas estrelas, seus sóis, luas, etc...pois existem outros Universos criados.


CAP.XXII
PAR. 1.No décimo céu, Aravoth (nota:-chamamos de HAVONA o Universo a que pertencemos e de ORVOTON o Universo local, que fazemos parte), vi como era a face do senhor, ....
PAR. 2. Assim vi a face do Senhor, mas a face do Senhor é inefável, maravilhosa e muito sublime ...
PAR. 3. E quem sou eu .... E não posso contar a quantidade de suas muitas instruções e várias vozes, o trono do senhor muito grande, que...
PAR. 4. E devo inclinar-me e reverenciar o Senhor, e o Senhor com seus lábios, disse-me:..
PAR. 5. Tem coragem, Enoch, não temas, levanta-te diante de minha face na eternidade.
PAR. 6. O arquigeneral MICAEL (nota:- MICAEL é o Deus mencionado nas escrituras judaicas como responsável pelo Universo de ORVOTON) levantou-se e conduziu-me diante da face do Senhor.

COMENTÁRIOS,
Estes capítulos citados nos deixam claro a hierarquia dos seres que estamos falando, ou seja, são organizados e com responsabilidades em cada área.
Mais evidente ainda fica esta hierarquia quando Micael levanta e leva Enoch à frente do Senhor. E percebam Micael era um arquigeneral (nota:- anjos não são generais, são somente anjos).
Também devemos citar que fica clara a sua presença em um local, pode ser um congresso, uma câmara de representantes, ou uma sala de despachos, pois se fala em diversas instruções e várias vozes!
Óbvio, são pessoas decidindo destinos como em nosso Congresso Nacional.

PROTO-EVANGELHO DE TIAGO

CAP. I
PAR. 1. Segundo narram as memórias das doze tribos de Israel, havia um homem muito rico, de nome Joaquim, que fazia suas oferendas em quantidade dobrada, dizendo:- “O que sobra ofereço para todo o povoado, e o devido na expiação de meus pecados será para o Senhor a fim de ganhar-lhes as boas graças”.
PAR. 2. Chegou a grande festa do senhor, na qual os filhos de Israel devem oferecer seus donativos, e Ruben se pôs à frente de Joaquim dizendo-lhe: “Não te é licito oferecer tuas dádivas, enquanto não tiveres gerado um rebento em Israel”.
PAR. 3. Joaquim morficou-se tanto que se dirigiu aos arquivos de Israel com intenção de consultar o censo genealógico e verificar se, porventura, teria sido ele o único que não havia tido posteridade em seu povoado. E, examinando os pergaminhos, constatou que todos os justos haviam gerado descendentes. Lembrou-se, por exemplo, de como...
PAR. 4. Joaquim ficou muito atormentado, e não procurou sua mulher e se retirou para o deserto. Ali armou sua tenda e jejuou por quarenta dias e quarenta noites, dizendo a si mesmo: “Não sairei daqui (PARA MINHA CASA), nem sequer para comer ou beber, até que não me visite o Senhor meu Deus; que minhas preces me sirvam de comida e de bebida”.
CAP.II
PAR. 1. E, Ana, sua mulher, se lamentava e gemia dolorosamente dizendo: “Chorarei minha viuvez e minha esterilidade”.

CAP.IV
PAR. 1. E eis que se lhe apresenta um anjo de Deus, dizendo-lhe: “Ana, Ana, o Senhor escutou os teus rogos:conceberás e darás à luz e de tua prole se falará em todo o mundo”. Ana respondeu: ”Viva o Senhor meu Deus, que, se chegar a ter algum fruto de bênção, seja menino ou menina, levá-lo-ei como oferenda ao Senhor, e estará a seu serviço todos os dias de sua vida”.
PAR. 2. Então, vieram dois mensageiros com este recado para ela: “Joaquim, teu marido, está de volta com seus rebanhos, pois que um anjo de Deus desceu até ele e lhe disse: ‘Joaquim, Joaquim, o Senhor escutou teus rogos: volta, pois, que Ana, tua mulher, vai conceber em seu ventre”.
PAR. 3. E, tendo saído Joaquim, mandou que seus pastores lhe trouxessem dez ovelhas sem mancha:”E estas, disse, serão para o Senhor”: e doze ovelhas de leite:” E estas, disse, serão para os sacerdotes e para o Sinédrio”; e, finalmente, cem cabritos para todo o povoado.
PAR. 4. E, ao chegar Joaquim com seus rebanhos, estava Ana á porta e, ao vê-lo chegar, pôs-se a correr e atirou-se ao seu pescoço dizendo:”Agora vejo que Deus me bendisse copiosamente, pois, sendo viúva, deixo de sê-lo e, sendo estéril, vou conceber em meu ventre”. E Joaquim repousou naquele primeiro dia em sua casa.

COMENTÁRIOS,
Existem aqui alguns fatos interessantes. Como uma pessoa estéril da noite para o dia pode conceber um filho. Estranho não? Sabemos hoje que isto é possível desde que haja um tratamento intensivo na mulher através de hormônios. Bom teoricamente naquela época isto não existia, portanto, a concepção da filha de Ana deve ser dada por técnicas desconhecidas por nós, ou através de uma germinação artificial. Isto provavelmente mostra uma intervenção externa de um ser muito inteligente pela rapidez do fato e, não pertencente ao planeta.
Por sua vez, estranho também é o fato de Joaquim a fazer a oferenda separar dez ovelhas não manchadas para o Senhor. Porque? Afinal ovelhas manchadas ou não manchadas são todas iguais e, tanto faz ser uma ou outra.
Bom, não é bem assim, as ovelhas não manchadas são as ovelhas de primeiro parto sem cruzamento desordenado, ou, sem cruzar com irmãos, pais, etc...vamos dizer assim. Isto na verdade nos mostra que não era uma simples oferenda, para alguém que não iria comer os animais.
Portanto estas cabras foram para estes anjos e Deus para serem apreciadas. E deveria ser uma exigência destes Senhores a forma que deveria ser o alimento para se evitar contaminação.
Mais o que mais me deixa intrigado é que Anjos e Deuses não necessitam alimento substancial para eles, se a própria Bíblia nos fala do maná espiritual, que seria o próprio éter!
Bom, durmam com um barulho desses, pois aqui esta um fato evidente de seres de outros lugares.

NOTA:- QUERO OBSERVAR QUE JOAQUIM E ANA SÃO PAÍS DE MARIA, MÃE DE JESUS.

EVANGELHO ÁRABE DA INFÂNCIA

CAP. XLIX
PAR.I.I. Jesus e o Astrônomo
Havia um filósofo, astrônomo sábio, que perguntou ao Senhor Jesus se ele havia estudado a ciência dos astros. E Jesus respondendo-lhe, expôs o número de esferas e de corpos celestes, sua natureza e sua oposição, seu aspecto trinário, quaternário e sêxtil, sua progressão e seu movimento de leste para oeste, o cômputo e o prognóstico e outras coisas que a razão de nenhum homem escrutou.

COMENTÁRIOS,
Como Jesus, que nasceu na Terra, e não sendo letrado em ciências, poderia ter tanto conhecimento de esferas e corpos celestes incompreensível pelo visto para o astrônomo. Citou aspectos astrológicos que formam os planetas e os astros, sua progressão e movimento.
Sabemos que existiam grandes astrônomos na época de Jesus, mas é de nosso conhecimento que ele não teve contato com estas ciências, portanto, supomos que estas informações foram transmitidas por algum ser inteligente a Jesus, fora da esfera terrestre, pois ele não se limitou as coisas conhecidas na época, ou seja, o conhecimento existente de planetas era até Saturno, por isso o astrônomo ficou pasmo.

EPÍLOGO

As citações acima como disse estão baseadas no livro mencionado no prólogo.
Levaria muitas páginas para comentar e descrever todo o livro e, na verdade não é este o objetivo, pois acredito que o objetivo principal foi atingido de mostrar alguns fatos pelo menos curiosos e que valem um estudo e uma investigação.
Naturalmente as pessoas interessadas no assunto poderão adquirir o livro e verão muitas fatos interessantes ali narrados.
Não estou aqui para convencer ninguém e, também não desejo que acreditem no meu ponto de vista dos fatos.
A melhor forma de saber a verdade é questionar os fatos e, é o que estou fazendo neste momento.


Textos tirados do livro Apócrifos, Os Proscritos da Bíblia – Editora Mercúrio.
Responsabilidade dos comentários é do autor do texto, Vicente Chagas


Um comentário:

gefklaar disse...

Os apocrifos na verdade são 4livros e devem ser lidos numa sequencia que não é a ordinal( 1,2,3,4). São livros repletos de significados ocultos. Quando lidos na sequencia correto transmitem informações ainda mais valiosas.
Mais uma "COINCIDENCIA".
Guilherme, se voce descobrir a minha cidade de nascimento vai ficar supreso. Cheguei a este blog por vias que jamais colocaria São José do Rio Preto entre as opções.

A Verdade conduz a Justiça, que proporciona a Liberdade que leva a PAX.